» » » Casos de microcefalia na Paraíba crescem para 71 confirmações e 447 casos são investigados pela saúde


O Ministério da Saúde confirmou, nesta quarta-feira (9), um aumento no número de casos confirmados de microcefalia na Paraíba. Com o novo levantamento, o estado tem, agora, 71 casos confirmados da doença e investiga outros 447, além de 308 casos terem sido descartados.


No levantamento anterior, divulgado no dia 1º deste mês, o estado tinha 63 casos confirmados de microcefalia e investigava outros 441. No cenário nacional, o levantamento aponta a confirmação de 745 casos, a investigação de 4.231 e descarta 1.182 casos da doença.



Os 745 casos confirmados ocorreram em 282 municípios, localizados nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Pará, Rondônia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul. 



Os 1.182 casos descartados foram classificados por apresentarem exames normais, ou apresentarem microcefalias e/ou alterações no sistema nervoso central por causas não infecciosas. A região Nordeste continua como a com mais casos notificados da doença, 4.827.



Ainda segundo o ministério, até o dia 5 deste mês, foram registrados 157 óbitos suspeitos de microcefalia e/ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação.



O Ministério da Saúde orienta que as gestantes adotem medidas que possam reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e protejam-se da exposição aos mosquitos, mantendo portas e janelas fechadas ou teladas, usando calça e camisa de manga comprida e utilizando repelentes permitidos para gestantes.


PORTAL CORREIO 

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI