» » » Garota de 13 anos morre usando absorventes internos, diz mãe

A filha de 13 anos de Diane Roberts começou a se sentir mal quando estava em férias com sua família e foi originalmente diagnosticada com uma infecção estomacal, de acordo com o Manchester Evening News.

Quando a saúde da adolescente britânica continuou piorando, sua família a levou para um hospital onde ela foi diagnosticada com a síndrome do choque tóxico, causada pelo uso de absorventes internos.


Jemma-Louise, nadadora competitiva, havia começado a usar os absorventes internos pouco tempo antes de adoecer, pois eles permitiam que ela continuasse treinando durante seu período menstrual. Uma semana após seu diagnóstico, em março de 2014, Jemma-Louise morreu de uma hemorragia cerebral enquanto recebia tratamento, de acordo com o jornal. Exames descobriram a presença da bactéria estafilococos no sangue da adolescente.

Esta semana, Roberts contou a história da filha para conscientizar o mundo sobre a doença, que não costuma receber atenção suficiente.

“A síndrome do choque tóxico era mais conhecida nos anos 80, mas raramente ouvimos falar dela hoje em dia”, disse ela ao Manchester Evening News.

"Meu marido nunca tinha ouvido falar dela. A conscientização pode salvar a vida de adolescentes como a minha filha". Roberts e sua família estão levantando fundos para o Alder Hey Children’s Hospital, onde sua filha foi tratada.

Aaron Glatt, MD, porta-voz da Infectious Diseases Society nos Estados Unidos diz que embora a síndrome do choque tóxico deva ser considerada, não é motivo para as adolescentes evitarem completamente os absorventes internos. “Os absorventes internos são realmente seguros de se usar”, disse Glatt ao Yahoo Parenting.

“Ao mesmo tempo, existe uma chance desses produtos causarem a síndrome do choque tóxico, pois muitas pessoas pensam que podem usá-los por períodos muito longos”.

Apenas uma em cada 100 mil pessoas que usam absorventes internos contraem a SCT anualmente, de acordo com um estudo feito naUniversity of Minnesota, e Glatt diz que casos fatais são ainda mais raros.

Ainda assim, é melhor procurar ajuda se sua filha começar a se sentir mal enquanto usa este produto.

“Se houver alergia, febre alta e outros sintomas do tipo, procure seu médico imediatamente”, diz Glatt.

Não se esqueça de dizer ao seu médico que você usa o absorvente interno, pois os sintomas da síndrome podem ser facilmente confundidos com os da gripe.

Mulheres de todas as idades não devem usar os absorventes internos por mais de seis horas, precisam dar preferência a produtos de baixa absorção e interromper o uso se não estiverem se sentindo bem.

(Foto: JustGiving/Tony Roberts)

O Yahoo Parenting escolheu esta história, publicada em 22 de setembro, como uma das melhores de 2015.




Por Rachel Bertsche

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI