» » » » São Vicente do Seridó - Irmãos Oliveira realizarão o I encontro dos comerciantes dia 16 de julho

*VEM AI! O I ENCONTRO DOS COMERCIANTES DE SÃO VICENTE E SERIDÓ, DIA 16 DE JULHO, REALIZAÇÃO IRMÃOS OLIVEIRA, LOCAL BARRIO BEER, EM BREVE MAIS DETALHES E DIVULGAÇÃO DOS COLABORADORES QUE APOIAM ESSA IDÉIA.*


*A SOLENIDADE REUNIRÁ DIVERSAS PESSOAS DO MUNICÍPIO DE SÃO VICENTE DO SERIDÓ, DENTRE ELAS EMPRESÁRIOS, AUTORIDADES E TODOS OS INTERESSADOS EM PRESTIGIAR O EVENTO.*  

Dia 16 de Julho é comemorado o dia do comerciante, esta data surgiu para homenagear aquele que trabalha com o comércio de bens e produtos.

O comerciante, em outras palavras é o elo entre a indústria e o consumidor final. Atualmente existe, além do tradicional "balcão" outras várias formas de compras como Catálogo, Via telefone e pelo Mercado Virtual entre outros.

Pelo Direito Comercial é comerciante aquele que trabalha na área do comércio, aquele que normalmente vende algum tipo de produto.
E toda pessoa que trabalha com este tipo de atividade é um Sujeito Mercantil, logo é objeto de regulação.

É comerciante aquele que compra mercadorias e as revende, seja no varejo, seja no atacado.
O comerciante é, acima de tudo, uma pessoa que serve o seu cliente. Ele procura pelos produtos que vai agradar seus clientes, os compra e os coloca à venda. Via de regra precisa ter Capital de Giro para poder suportar financeiramente esta operação de compra e venda. Vale lembrar que normalmente a venda se dá através de prazo. Isto naturalmente faz com que a simples operação de compra e venda se revista de dificuldades.

Além do Capital de Giro cabe ao comerciante liderar equipes, cuidar da estrutura da sua empresa, se manter regularizado junto aos poderes públicos constituídos além de recolher impostos, taxas e tributos. Se a empresa tiver uma atividade fim que envolva alimentação existem mais exigências.
E aquelas empresas cujos produtos têm ligação com o meio ambiente como, por exemplo, sacolas plásticas e água mineral, mais um "estatuto" se impõe a elas.

E o profissional que responde por tantas e tantas exigências, que é solidário com o fabricante, se chama Comerciante. Um velho amigo costumava dizer que o comerciante é como a mola do carro: sofre pressão de todos os lados.

O comércio está em toda parte, é por isso que vamos festejar juntos, essa data tão especial.



Ascom

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI