» » » Sertão:Cidades da PB registram as maiores chuvas do fim de semana

Os municípios do Sertão foram os que apresentaram os maiores chuvas da Paraíba no último fim de semana. Segundo levantamento da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa), divulgado nesta segunda-feira (13), das dez cidades que representam os índices mais altos, nove estão localizadas na mesorregião.

De acordo com o relatório de monitoramento do órgão, a cidade onde mais choveu foi Belém do Brejo do Cruz, com um acumulado de 166,8 milímetros entre sexta-feira (10) e domingo (12). Ao todo, 71 dos 223 municípios paraibanos tiveram alguma chuva durante o final de semana.

Além de Belém do Brejo do Cruz, quase todos os municípios que registraram as taxas mais altas ficam nas proximidades. É o caso de Riacho dos Cavalos, com 125,6 mm; Brejo do Cruz (119 mm); São Bento (116,5 mm); e Mato Grosso (111 mm). A exceção é a cidade de Várzea, na mesorregião da Borborema, com 108 mm.

No início do mês, as dez cidades que apresentaram os maiores índicas de chuvas eram sertanejas. Desta vez, a cidade de Quixaba, que teve mais dias chuvosos entre 1º e 10 de fevereiro, só registrou um acumulado de 12 mm, no sábado.

Segundo o relatório de monitoramento da Aesa, choveu 135,5 mm no município. Já as duas cidades que ficaram em segundo e terceiro lugares do ranking nesse intervalo, Ibiara e Aguiar, registraram chuvas de 33,2 mm e 6,6 mm, respectivamente. As áreas próximas ao litoral tiveram os menores índices. A capital, João Pessoa, teve um acúmulo de 2,4 mm.

Dez cidades com maiores chuvas do fim de semana
1º - Belém do Brejo do Cruz, Sertão (166,8 mm)
2º - Riacho dos Cavalos, Sertão (125,6 mm)
3º - Brejo do Cruz, Sertão (119 mm)
4º - São Bento, Sertão (116,5 mm)
5º - Mato Grosso, Sertão (111 mm)
6º - Várzea, Borborema (108 mm)
7º - Patos, Sertão (107,1 mm)
8º - Brejo dos Santos, Sertão (102,2 mm)
9º - São Bentinho, Sertão (97,4 mm)
10º - Jericó, Sertão (87 mm)








Fonte: G1PB

Postador Renilson Gomes

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI