» » » Quadrilha de saidinha de banco na PB,vigilante era um dos integrante diz polícia

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de um trabalho investigativo da Delegacia de Roubos e Furtos de João Pessoa, desarticulou nesta quinta-feira (25), uma quadrilha apontada como responsável por algumas ‘saidinhas’ em agências bancárias de João Pessoa. Foram presos em flagrante Wellingthon de Castro Felix, 24 anos; Lucas Diniz da Silva, 19 anos; e Giuseppe dos Santos Barbosa, 35 anos; e ainda foi apreendido um adolescente que também integrava o grupo. Dentre os presos há um vigilante que trabalha na Caixa Econômica Federal, agência das Trincheiras, que dava cobertura para a quadrilha.
De acordo com a delegada de Roubos e Furtos, Júlia Valeska, há cerca de um mês estava tramitando uma investigação com foco num grupo criminoso responsável por algumas saidinhas de banco aqui da capital. Durante o decorrer das investigações, foi constatado que um vigilante de uma empresa privada de segurança da capital, que trabalhava na agência, fazia parte do grupo criminoso, inclusive tendo sido visualizado pelos policiais na noite dessa quarta-feira, no ponto final do ônibus 301, em Mangabeira, um encontro entre o vigilante e Wellingthon possivelmente definindo detalhes para praticarem a ação.
Segundo a delegada, o vigilante iria observar um cliente que iria fazer um saque de uma quantia alta e passar as informações para os criminosos que aguardavam do lado de fora para abordarem a vítima. Diante dessas informações, os policiais se mobilizaram nas proximidades da rua das Trincheiras e visualizaram os suspeitos, inclusive um deles entrando na agência, possivelmente para pegar informações com o vigilante. A polícia agiu rápido e abordou Wellingthon antes da ação ocorrer. Na ocasião, foi apreendido um veículo Celta que estava sendo usado pelos criminosos e uma arma de fogo.
Os suspeitos foram conduzidos à Central de Polícia, no bairro do Geisel, para prestarem esclarecimentos a Polícia.  Durante depoimentos, Wellingthon confessou que realmente iria praticar crime e que o vigilante passaria as informações. Eles foram autuados por tentativa de roubo majorado, porte de arma e associação criminosa. Deverão participar de audiência de custódia, e em seguida serão encaminhados para presídios onde ficarão à disposição da Justiça.







Fonte: Portal 25Horas

Postador Renilson Gomes

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI