» » » » Nova Palmeira - Servidores inativos da prefeitura estão com seus salários atrasados

Servidores inativos da Prefeitura estão enfrentando problemas para receberem seus salários em dia.
O município vem atrasando o pagamento de salários desde o segundo semestre de 2015.

O Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Nova Palmeira (Ipsenp) tem 98 inativos e pensionistas em sua folha de pagamento.
Até maio, de acordo com o Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres) do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), esse contingente recebeu R$ 622.427,97.
A média mensal da folha dos inativos e pensionistas é de R$ 124.485,59.
Os dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú e Seridó (Sinpuc) demonstram duas preocupações em relação ao Ipsenp.
A primeira é com o acúmulo dos atrasos que já se transformou numa bola de neve e a segunda é com as condições de vida desses aposentados.
“Essas pessoas são idosas e necessitam dos seus salários para se alimentarem, se medicarem nessa etapa tão importante da vida”, explica a presidente do Sinpuc, Edilândia Ferreira.
“Não há data- base para pagamento de funcionários e, o que é mais grave, nem tão pouco dos aposentados e pensionistas que amargam a incerteza de não receberem seus vencimentos mesmo depois de terem trabalhado durante quase uma vida inteira”, reforça a sindicalista.
Os inativos e pensionistas não receberam os salários do mês de julho e muitos têm procurado O sindicato para reclamar, desabafar e falar do desrespeito.
Após receber as reclamações, o Sinpuc informa que vai acionar a assessoria jurídica para avaliar uma medida judicial em caso de continuidade dos atrasos.
“A atual gestão não consegue cumprir um compromisso primordial, como o pagamento dos trabalhadores. Deveria ao menos ter respeito por essas pessoas idosas”, finaliza Edilândia.
Fonte: Ascom

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI