» » » Fiação exposta, vazamento e teto quebrado: veja problemas da Vila olimpica

Delegação australiana desistiu de entrar nos apartamentos em más condições. Fotos feitas por prestador de serviço mostram sujeira, buracos e muita água

Apesar de o Rio 2016 ter afirmado na sexta-feira que seria possível resolver todos os problemas de instalações de água, luz e gás na Vila Olímpica - além da reposição de objetos furtados dos apartamentos e limpeza geral -, o que se vê em fotos internas do local é diferente do discurso. Na manhã deste domingo, a chefe de delegação da Austrália reclamou oficialmente dos problemas. À tarde, baixou o tom, afirmando que aprovou os planos do Rio 2016 e que a delegação deveria passar a ocupar o prédio a partir de quarta-feira, depois de terminados os reparos necessários.

O GloboEsporte.com obteve acesso - junto a um funcionário que trabalha na Vila Olímpica e pediu anonimato - a imagens que, segundo ele, foram registradas neste domingo. Elas mostram um problema na hidráulica do prédio e uma parte do teto que caiu no primeiro andar - o mezanino, que servirá como uma espécie de escritório para a delegação australiana. Muita água caiu no local, e funcionários chegaram a colocar baldes para tentar impedir que a situação se espalhasse ainda mais. Buracos no teto, reboco caindo, falta de limpeza e fiações expostas são algumas das questões encontradas pelos australianos e que acarretaram as reclamações.
Baldes foram colocados para conter vazamento no que seria o escritório da delegação da Austrália na Vila Olímpica inaugurada neste domingo (Foto: GloboEsporte.com)Baldes foram colocados para conter vazamento no que seria o escritório da delegação da Austrália na Vila Olímpica inaugurada neste domingo, segundo relato de funcionário (Foto: GloboEsporte.com)
Questionado pela reportagem, o Comitê Rio 2016 admitiu a existência dos problemas, mas disse acreditar que as fotos não sejam deste domingo e garantiu que o local não está mais assim.
- Quando chegamos à reta final dos preparativos na Vila Olímpica para receber os atletas identificamos que alguns quartos precisavam de reparos extra. Estamos trabalhando 24 horas para resolver todos os problemas. Infelizmente isso ainda vai levar uns dias. Mas estamos realocando os atletas que estão chegando, e encontram seus apartamentos ainda com algum trabalho por fazer, para um prédio vazio que já esteja 100%. Estamos atentos para que os pequenos reparos não atrapalhem nem perturbem a rotina dos atletas, que já chegam para treinar para os Jogos Olímpicos. Lamentamos qualquer inconveniente que isso possa causar e agradecemos enormemente a compreensão dos Comitês Olímpicos Nacionais neste momento - diz a nota enviada pelo Comitê ao GloboEsporte.com.

O Comitê Olímpico da Austrália, consultado pela reportagem, afirmou que as fotos não são do prédio que abriga a delegação. Isso aconteceu horas depois de a chefe da delegação do país, Kitty Chiller, relatar em nota oficial os problemas que as imagens ilustram, alegando que o imóvel não era seguro e não estava pronto para ser habitado: 

- Desde o dia 21 estamos morando em hotéis próximos porque simplesmente a Vila não está pronta e não é segura.

A primeira nota oficial, emitida pela manhã, teve um tom diferente do segundo documento, publicado à tarde no site oficial do comitê australiano. Desta vez em tom bem mais otimista, dizendo que as acomodações ficarão prontas em breve. Pouco depois, às 16h, em entrevista coletiva, Chiller - apesar de afirmar que nunca tinha visto uma Vila nesta condição -  declarou que aprovou o plano da organização dos Jogos para reparar os problemas nos apartamentos da Vila e espera que até quarta-feira tudo seja corrigido. Mesmo assim, a Austrália mantém a posição de não entrar na Vila com seus atletas.
Buraco no teto do que será o escritório da delegação australiana. Vazamento teria sido causado por problema na hidráulica da Vila (Foto: GloboEsporte.com)Buraco no teto do que seria o escritório da delegação australiana segundo funcionário que trabalha na Vila. Vazamento teria sido causado por problema na hidráulica do prédio (Foto: GloboEsporte.com)










A entrega dos prédios da Vila Olímpica foi feita sem que o Rio 2016 pudesse fazer as ligações de água, luz e gás para testes, o que só aconteceu em cima da hora. Os problemas são comuns logo após a conclusão de obras, mas normalmente não há um prazo tão curto para solucionar. De acordo com relatos de pessoas do alto escalão do comitê, os problemas de instalações atingem pouco mais de 5% dos 3.604 apartamentos, algo em torno de 150 imóveis. Mas há, como se pode observar nas imagens, problemas fora das acomodações, nas áreas de uso comum pelos habitantes do local.

Ao saber das reclamações dos australianos, o prefeito Eduardo Paes afirmou:

- É um dia para se comemorar. Vou tirar onda: é mais bonita que a de Sydney. Vamos fazer os ajustes necessários. O Brasil tem essa coisa de acolher bem. Vamos fazer os australianos se sentirem em casa. Estou quase colocando um canguru para pular aqui para eles - disse.

Veja imagens dos prédios que abrigam australianos e coreanos, além de outras áreas internas da Vila Olímpica:
Prédio que abriga os australianos na Vila Olímpica apresentou diversos problemas em acabamento e instalações (Foto: GloboEsporte.com)Prédio que abriga os australianos na Vila Olímpica apresentou diversos problemas em acabamento e instalações (Foto: GloboEsporte.com)



















Sujeira no hall do prédio que recebe os australianos na Vila Olímpica da Rio 2016 (Foto: GloboEsporte.com)Sujeira no prédio que segundo um funcionário que presta serviços recebe australianos na Vila (Foto: GloboEsporte.com)








































Outra falha de acabamento e instalação no prédio da Austrália na Vila Olímpica (Foto: GloboEsporte.com)Falha no prédio que, segundo prestador, abrigará a Austrália na Vila (Foto: GloboEsporte.com)

































Reflexo da água que tomou o chão do acesso à escada de emergência, atrás da recepção, no prédio 23 (Foto: GloboEsporte.com)Reflexo da água que tomou o chão do acesso à escada de emergência, atrás da recepção, no prédio 23, de acordo com relato de funcionário que presta serviços na Vila (Foto: GloboEsporte.com)




















problemas, Vila Olímpica, Rio 2016 (Foto: GloboEsporte.com)Buraco no teto de corredor do prédio que abrigará coreanos registrado por funcionário (Foto: GloboEsporte.com)







































problemas, Vila Olímpica, Rio 2016 (Foto: GloboEsporte.com)Outro buraco em teto de sala no prédio que abriga os coreanos feito por prestador de serviços que trabalha na Vila Olímpica (Foto: GloboEsporte.com)




























Prédio que abrigará coreanos tem problemas (Foto: GloboEsporte.com)Prédio que abrigará coreanos tem problemas como mostram as imagens feitas por um funcionário que trabalha na Vila Olímpica (Foto: GloboEsporte.com)Fonte: ge















Postador Renilson Gomes

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI