» » » » Em março a cesta básica no Nordeste teve o segundo menor crescimento de preço

João Pessoa, 29 de abril de 2016 – O Nordeste fechou março com o segundo menor crescimento no preço dos alimentos que compõem a cesta básica, calculada no período em R$ 358,88. Nesse mês, o Nordeste obteve a segunda menor variação (0,4%), atrás apenas da região Norte, que registrou -7,0%. Em todas as outras regiões, observou-se maior crescimento no valor da cesta básica de março, comparado com o mês anterior.

Em contrapartida, olhando a variação em doze meses, a cesta básica do Nordeste ficou com o segundo maior crescimento, 15,5%, variação pouco menor que a cesta do Centro-Oeste, 15,9%.

As informações são oriundas de levantamento do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, com base em informações divulgadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).



Leia mais notícias em www.seridopb.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Serido PB pelo WhatsApp (83) 9 88724023.


Em março, o valor da cesta básica regional caiu em cinco capitais do Nordeste pesquisadas. Apenas em Salvador observou-se aumento de 3,7%, em comparação com o valor de fevereiro. As maiores reduções ocorreram em Aracaju (-3,3%) e João Pessoa (-2,1%). As cidades de Natal, Recife e Fortaleza tiveram reduções na ordem de -1,7%, -0,6% e -0,5%, respectivamente. A variação positiva em Salvador foi o que mais carregou o índice de março.

O aumento na cesta básica nordestina nesse mês deve-se, principalmente, aos crescimentos do preço da banana (10,5%), manteiga (9,7%), leite (2,9%) e feijão (2,1%). Atuaram de forma inversa no valor da cesta de março as variações negativas do tomate (-10,8%) e da carne (-0,3%).

Cesta Básica Regional

A cesta básica regional é um índice criado a partir de metodologia própria do Etene e divulgado com base nos dados da cesta básica nacional, informada mensalmente pelo Dieese.


Fonte : Banco do Nordeste 

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI