» » » PRISÃO PERPÉTUA PARA JORNALISTAS OPOSITORES É PEDIDO PROMONTÓRIA

A promotoria turca pediu prisão perpétua para os dois jornalistas do jornal opositor Cumhuriyet, acusados de revelar segredos de Estado em uma reportagem sobre a entrega de armas a rebeldes sírios por parte do governo do presidente Recep Tayyip Erdogan.

 Can Dundar, editor-chefe do Cumhuriyet, e Erdem Gül, chefe de redação do jornal em Ancara, estão presos desde 26 de novembro.Os dois foram detidos depois da difusão de um vídeo onde se via caminhões do MIT (Organização Nacional de Inteligência), os serviços secretos turcos, carregados de armas destinadas aos islamitas sírios.


G1


Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI