» » Agricultor é preso suspeito de armazenar cerca de 100 litros de gasolina em casa, na Paraíba

Um agricultor de 21 anos foi detido, nesta quinta-feira (21), suspeito de armazenar cerca de 100 litros de combustíveis de forma irregular. O fato aconteceu na cidade de Mulungu, no Agreste paraibano a 82 km de João Pessoa.

De acordo com o delegado Pablo Nascimento, a Polícia Civil chegou até a residência do jovem depois de uma denúncia anônima. “Após o comunicado, fomos averiguar. Chegamos a casa do agricultor e quando entramos no imóvel encontramos cerca de 100 litros de gasolina no local”, falou.
O agricultor disse que o combustível armazenado seria par
a uso pessoal depois do desabastecimento na cidade. Segundo a polícia, o líquido não seria para comercialização. “Não constatamos que a gasolina seria para venda. Diante dessa constatação, o indiciamos apenas pelo armazenado, devido o risco de explosão”, disse o delegado
O homem e o material foram levados para a Delegacia Regional de Guarabira. Ele pagou fiança e foi liberado. O agricultor vai responder por crime ambiental em liberdade.
Armazenar combustível é crime ambiental
De acordo com o artigo 56 da Lei 9.605/98, armazenar combustível ilegalmente é crime ambiental. Além do artigo, há a resolução nº 41, de 5 de novembro de 2013, da Agência Nacional de Petróleo (ANP) que reforça a proibição. Caso o consumidor seja pego armazenando o produto de forma ilegal, ele poderá sofrer penalidades.


Apreendidos cerca de 100 litros de gasolina

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI