» » » Propaganda da Bombril vai parar no Conar por ofensa a homens

Consumidores do sexo masculino ficaram ofendidos com a nova propaganda da Bombril, na qual a cantora Ivete San galo e as humoristas Dani Calabresa e Mônica Iozzi fazem piada com os homens. E a campanha agora será investigada pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar).

O órgão informou que decidiu abrir um processo para julgar o caso após receber até quarta-feira (12) cerca de 15 queixas de homens que reclamaram de “discriminação de gênero” e consideraram a campanha uma “ofensa à figura masculina”.
No comercial, as garotas-propaganda da marca dizem que “toda brasileira é uma diva”. “A gente arrasa. Arrasa no trabalho, faz sucesso o dia todo e ainda deixa a casa brilhando”, afirma Ivete.
Na sequência, elas comparam as mulheres com os homens. “Ixe, esses daí nem com todos os produtos da Bombril para ajudar na casa”, disparam, dizendo que não dá nem para comparar. Então, Calabresa diz que dá para comparar sim: “Toda mulher é uma diva, e todo homem é ‘diva-gar’ [devagar]”.
Embora tenham sido homens os autores das reclamações enviadas ao Conar, mulheres também criticaram a campanha nas redes sociais, classificando o comercial de “machista” na verdade, por reforçar a imagem que é a mulher que cuida da casa.
Bombril diz valorizar protagonismo feminino
Em nota, a Bombril disse que a campanha “foi estrategicamente desenvolvida para valorizar o protagonismo feminino” e que o vídeo “usa uma linguagem bem-humorada para ressaltar o valor da mulher na sociedade brasileira e não tem a intenção de ofender os homens ao fazer uma brincadeira com a palavra diva”.
O vídeo entrou no ar neste mês na TV aberta e fechada.
Segundo o Conar, a propaganda da Bombril deve ser julgada no mês de setembro. Enquanto isso, o comercial poderá continuar sendo veiculado normalmente.
Em 2011, o Conar julgou um caso semelhante envolvendo uma propaganda da Bombril, e a empresa foi absolvida. No filme em questão, Marisa Orth, Dani Calabresa e Monica Iozzi comparavam os homens a cachorros, sugerindo que eles fossem adestrados.
G1

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI