» » » Dentro de casa, Botafogo perde de virada para o lanterna da Série C do Brasileirão


O Botafogo tinha tudo para ter chegado a quarta vitória seguida na 14ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro e manter a invencibilidade, mas escorregou com erros na metade do segundo tempo da partida dentro de casa, no Estádio Almeidão, em João Pessoa, contra o Águia de Marabá, neste domingo (30).

O Belo perdeu por 2 a 1 de virada para o lanterna da competição. O Botafogo manteve os 19 pontos e terminou o jogo na sexta posição do Grupo A. Já o Águia marcou mais três primeiros pontos somando nove e saindo da lanterna para penúltima colocação.

O primeiro tempo da partida teve lances com boas chances para o Botafogo abrir o placar, mas ninguém conseguiu finalizar e o jogo ficou no 0 a 0. Aos 5 minutos o Belo fez a primeira jogada perigosa de bola parada. Doda cobrou falta chutando direto para o gol e forçou o goleiro Maycki Douglas a espalmar para escanteio. 

O Botafogo manteve mais posse de bola e o Águia trocou passes na intermediária e tentou jogar nos erros do Belo. O jogo seguiu lento até que aos 27 minutos Doda novamente quase consegue armar jogada para abri o placar para o Botafogo. O jogador da linha de fundo e cruzou para Beto. A bola chegou perto do gol, mas a zaga do Águia se antecipou e mandou para escanteio. 

Aos 35 minutos, o Águia começou a pressionar, mas foi o Belo que teve mais uma chance de marcar de bola parada perto da área. Rone Dias desperdiçou a chance ao cobrar a falta na barreira. A partida terminou em 0 a 0 na primeira etapa.

O segundo tempo começou bem parecido com o primeiro com o Botafogo indo para cima e o Águia tentando uma chance no contra-ataque.

Aos 10 minutos, o goleiro Genivaldo salvou o Botafogo colocando para fora bola difícil de pegar. Depois de falta para a área, Fred cabeceou firme. A bola bateu no goleiro do Botafogo e a zaga afastou.
Aos 16 minutos, a arbitragem anulou um gol do Águia. Daniel Santos recebeu na entrada da área, mas colocou a bola com a mão no gol de Genivaldo. 

O Belo decidiu o jogo aos 22 minutos, com gol de pênalti. Jean Cléber chutou de fora da área e Esdras do Águia se jogou contra a bola, que bateu em sua mão e a arbitragem marcou. Rone Dias não desperdiçou a chance e com categoria mandou para o fundo da rede.

A alegria do Botafogo durou pouco. Aos 33 minutos, Danúbio deixa tudo igual no Almeidão depois do erro da defesa do Belo. Walter tentou tirar a bola, que bateu em Wesley e sobrou para o jogador do Águia chutou dentro do gol de Genivaldo.

Desequilibrado, o Botafogo sofreu a virada após o goleiro Genivaldo derrubar o atacante Daniel Santos dentro da área. Flamel cobrou e marcou, aos 37 minutos.



PORTAL CORREIO 

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI