» » Chuvas não elevam nível de água do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão)

O risco no colapso no sistema de abastecimento de água de Campina Grande continua. As últimas chuvas que caíram na Paraíba, principalmente em Campina Grande e João Pessoa, trouxeram mais esperanças para os agricultores do que de fato água para as “cabeceiras” dos rios Paraíba e Taperoá, que desaguam no o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão. O açude, que é responsável pelo abastecimento hídrico de Campina Grande e de mais 18 municípios, ainda vive um momento crítico, e está perdendo um centímetro de água por dia segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA). Na última aferição realizada no dia 03/07/2015 o manancial que tem capacidade máxima (m3) - 411.686.287 apresentou o volume total em (m3) de - 73.332.630, ou seja, detém 17,8% do seu volume total.

 
No começo do ano, o açude Epitácio Pessoa, localizado em Boqueirão, no Agreste paraibano, recebeu no começo do ano 3,3 milhões de metros cúbicos de água, o que elevou o nível do reservatório em 25 centímetros.
 
O açude de Boqueirão foi construído peloDepartamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) há mais de 50 anos, e hoje garante o abastecimento de mais de 1 milhão de paraibanos, distribuídos em Campina Grande e nas várias cidades do Compartimento da Borborema.
 
Atualmente, a AESA monitora 124 açudes em todo o estado da Paraíba. Diariamente, os observadores dos principais açudes informam os volumes registrados em cada açude. A partir destes dados, são divulgados os Boletins Diário e de Últimos Volumes Informados. Ao final do mês, os observadores enviam cadernetas com os dados oficiais dos volumes observados no mês, divulgados através do Boletim Mensal e do Boletim de Chuvas nas Bacias, que relaciona os volumes dos açudes com as chuvas ocorridas nas bacias. Confiram como está a capacidade hídrica de todos os mananciais paraibanos monitorados pela AESA no link: http://goo.gl/87vdwV
 

Com o PBAgora

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI