» » » CUITÉ A TERCEIRA CIDADE DO BRASIL QUE MAIS GASTOU COM PESSOAL EM 7 ANOS

A folha de pessoal de Cuité é mais inchada do que o Blog do Gordinho onde noticiou os dados Firjan que coloca no pódio o município de Cuité como a 3ª cidade do Brasil que mais gastou com pessoal em 7 anos.


Tem uma máquina incrível para ganhar eleições, mas depois tem que administrar uma folha fora do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Em Cuité vale “tudo” em ano próximo à eleição a prefeitura sempre volta a inchar a folha. Vale a pena ser condenado à prisão por malversação do dinheiro público, ser ficha suja e ainda distribuir cargos para mamar nas tetas quase seca da prefeitura. Sem contar que Nepotismo na prefeitura de Cuité ocupa a maioria das pastas. 

Com este último dado Firjan, até o cargo do  chefe executivo estar em xeque diante de tantas amarras e compromissos fiscais.  O mais incrível de tudo isso é que concurso público não tem sido feito, o último concurso público foi realizado no gestão anterior ( Dr Medeiros) e em gota gotas vem sendo chamado . Nenhuma cidade brasileira precisa de assessores e emprego de faz de conta, mas que no final do mês é o povo quem paga a conta.

Pelo menos 796 cidades brasileiras gastaram com mais de 60% de suas receitas com pagamento de funcionários em sete anos, o gasto com pessoal tem crescido bem mais que a receita. A Firjan aponta crescimento de 0,6% da receita e absurdamente com aumento de 6,7% com despesa  pessoal e nossa Serra de Cuité infelizmente está lá no alto do pódio.

As obras existentes em Cuité são do governo federal que se diga de passagem tem salvado a gestão municipal que tenta a todo custo apagar o nome do governo federal e ser a mãe sem parir e sem criar.  

Na falta de informação real, poucos eleitores punem os atuais ocupantes da prefeitura com base na gestão fiscal. Cuité é medalha de bronze no Brasil em desequilíbrio fiscal, sem falar na sua previdência que possui outro rombo (dividas) que comprometem a vida dos servidores públicos municipais no futuro.

Infelizmente quem assumir a prefeitura de Cuité em 2016 vai ter uma dor de cabeça enorme para botar a casa em ordem, os índices Firjan confirmam aquele “voto retrospectivo” da reeleição, o que foi observado os efeitos da administração orçamentária e financeira.



DemaMacedo

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI