» » » Treze e Campinense fazem um duelo a parte na fase final do Paraibano

Agora é pra valer. Treze e Campinense iniciam nesta quinta-feira a participação de ambos no quadrangular final do Campeonato Paraibano. E enquanto fazem um duelo particular entre ambos, no Clássico dos Maiorais, lutam também cada um a seu modo para tentar recuperar a hegemonia do futebol paraibano, depois de dois anos seguidos de títulos do Botafogo. O confronto, o terceiro entre os clubes na temporada, acontece às 20h45, no Estádio Amigão.


Além de lutarem pelo título, Treze e Campinense entram na disputa de olho nas vagas em competições nacionais. O Rubro-Negro, por exemplo, quer se garantir na Série D do Brasileiro deste ano, como também na Copa do Nordeste e Copa do Brasil de 2016. O Alvinegro, que vai disputar a Série D por ter sido rebaixado ano passado, mira a volta ao Nordestão e à Copa do Brasil.
No Treze, o técnico Everton Goiano ganhou alguma peças importantes na reta final da competição. O lateral-direito Alexandre Bindé, os atacantes Preto e Nonato e o meia André Beleza. Com esses reforços, o comandante espera iniciar as finais superando o rival, já que nos dois confrontos anteriores houve empate por 2 a 2 e 1 a 1.
Para o duelo de logo mais, o técnico galista não poderá contar com o lateral-esquerdo Panda. O jogador não conseguiu se recuperar de contusão no joelho esquerdo que o afastou dos dois últimos jogos do time na fase classificatória. Com isso, Téssio segue como titular no setor. Mas a equipe tem novidades em relação ao time que venceu o Lucena sexta-feira passada. Poupados, o volante Magno e o meia Rodrigo Celeste voltam entre os titulares.
A aposta do técnico, no entanto, é o atacante Nonato. Ídolo da torcida, o jogador reestreou pelo clube e marcou um dos gols do triunfo por 3 a 1 sobre o Tubarão do Norte. Empolgado, ele espera ajudar o Galo a vencer o clássico desta noite.  
Francisco Diá, técnico do Campinense (Foto: João Brandão Neto / GloboEsporte.com)
Francisco Diá comemora sequência de seis vitórias seguidas do Campinense no estadual
(Foto: João Brandão Neto / GloboEsporte.com)
Pelo lado do Campinense, empolgação é o que não falta para o clássico contra o rival. Isso porque o time comandado pelo técnico Francisco Diá vem de seis vitórias seguidas e espera manter a performance para tentar iniciar bem o quadrangular decisivo do estadual.
- O Campinense trabalhou forte, para ver se consegue fazer um grande jogo e sair com o pé direito na competição. Isso é importante. Fizemos dois jogos equilibrados contra o Treze, e eu acredito que este terceiro jogo não será diferente, porque cada jogo será uma decisão. Sabemos que é difícil, mas não é impossível, porque os outros clubes são fortes. Mas, estamos vindo de uma sequência de vitória e isso nos deixa confiantes - pontuou Diá.
No confronto de logo mais, o comandante raposeiro também ganha reforços fundamentais, que foram poupados na fase classificatória. O zagueiro Joécio, o goleiro Gledson, o volante Neto e o meia Luiz Fernando, um destaques do time, reaparecem entre os titulares. O recém-contratado atacante Nando, que marcou quatros gols em quatro jogos, também é uma das apostas do treinador para o clássico. 

Postador Sebastião Barbosa

«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

receba nossas atualizações no seu Email

PESQUISE AQUI